Instituto Girassol apóia mobilização contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Posted on Posted in Notícias, Sem categoria

Nos dia 17 e 18 de Maio, O Instituto Girassol de Desenvolvimento Social junto aos órgãos públicos de Boca da Mata/AL, saíram nas ruas da cidade e no povoado do Peri-peri em caminhada em prol do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual da Criança e do Adolescente.

Crianças da rede publica de ensino e particulares juntamente com as crianças que participam das ações do instituto girassol, todas juntas em busca do mesmo ideal, o fim do abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que se comemora no dia 18 de Maio, oComitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes lançou a campanha “Faça Bonito. Proteja Nossas Crianças e Adolescentes”, em parceria com a Comissão Intersetorial de Enfrentamento e Apoio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. O símbolo usado há quatro anos é uma flor, associada à fragilidade da criança e aos desenhos da primeira infância, para sensibilizar a sociedade.

Desde que o 18 de Maio foi criado, há 12 anos, muitos avanços têm ocorrido, segundo Itamar Batista Gonçalves, gerente de programas da Childhood Brasil e representante da organização do Comitê de Enfrentamento desde o ano passado. “O tema está mais presente nos Estados, mobilizando grande parte dos municípios, e é cada vez maior o engajamento do setor privado na campanha”, diz Itamar. “A rede Atlântica Hotels International, parceira da Childhood Brasil, por exemplo, promove diversas ações de sensibilização de seus profissionais, colaboradores e clientes, e as empresas do programa Na Mão Certa também divulgam a data entre os profissionais e estimulam novas ações para a proteção da infância nas estradas.”

O desafio do Comitê de Enfrentamento para os próximos anos, segundo Itamar, é pensar em estratégias para prevenir a violência sexual contra crianças e adolescentes com a chegada dos grandes eventos esportivos internacionais e com o crescimento das grandes obras da construção civil e de infraestrutura no país.

História do Comitê

Em junho de 2000, foi criado o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, a partir de um encontro realizado em Natal (RN), com a elaboração do Plano Nacional de Enfrentamento. Os encaminhamentos políticos e operacionais do comitê são realizados por uma coordenação colegiada composta por 14 membros.

Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil é um documento que traz uma síntese para a reestruturação de políticas, programas e serviços de enfretamento à violência sexual. Desde a adoção desse plano, ocorreu a criação da Comissão Intersetorial do governo federal, o fortalecimento das redes locais, a realização de campanhas de sensibilização, a adesão de organizações públicas e privadas à causa, a adoção, por diferentes segmentos, de códigos de conduta contra a exploração sexual e a instalação de delegacias e varas especializadas em crimes contra crianças e adolescentes em alguns Estados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *